Oficina CEER
 05-11-2010
RESTRIÇÕES NA CONTRATAÇÃO NÃO ABRANGEM UNIVERSIDADES

As universidades deverão manter a possibilidade de contratar docentes sem ter em conta as restrições descritas no Orçamento de Estado. De acordo com o Diário Económico, essas instituições de ensino superior também vão permanecer isentas da norma que proíbe promoções e progressões na carreira.

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior fez chegar às universidades uma nota onde dá conta que estas poderão continuar a fazer contratações e a estar isentas da norma que impede promoções e progressões nas carreiras.

A nota refere que as instituições de ensino superior públicas "não estão abrangidas pelo despacho do ministro do Estado e das Finanças" que nega a negociação de salários mais elevados em contratações futuras de funcionários.

Fonte: http://umonline.uminho.pt