Oficina CEER
 11-11-2010
NEWSLETTER DA CASA MUSEU ABEL SALAZAR, DA UPORTO

Após a morte de Abel Salazar, em 1946, foi organizada a Fundação Abel Salazar, por iniciativa do Prof. Ruy Luís Gomes e dum grupo de Amigos, que promoveu a abertura ao público de parte desta Casa-Museu, com a exposição da sua obra artística (1950).

Para preservar a Casa, o espólio deixado por Abel Salazar, e vencer a sistemática oposição das autoridades da época para legalizar aquela Fundação, esta passou a constitui-se, em cooperativa(1963) sob a presidência do Prof. Alberto Saavedra, onde promoveu iniciativas de vulto.

Devido, também, à grande dedicação que esta "obra" sempre mereceu ao Presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, este conseguiu que aquela Instituição comprasse esta Casa e o seu recheio, após a morte da viúva de Abel Salazar(1965) e adquirisse a valiosa colecção de obras artísticas de Abel Salazar, pertencentes à irmã(1971).

Nesse período foram executadas obras de restauro e adaptação desta Casa a Museu e construído um Pavilhão de Exposições.

Em 31 de Maio de 1975, numa superior atitude de isenção, a Fundação Gulbenkian fez a doação desta Casa-Museu, à Universidade do Porto.

O Pavilhão foi inaugurado em Julho de 1975 com a exposição "A Mulher no trabalho", o tema que tanto notabiliza a sua obra plástica e no fim do ano reabriu ao público a Casa-Museu totalmente remodelada.

O sítio institucional da Casa-Museu Abel Salazar está em http://cmas.up.pt, com todas as informações actualizadas.

Archivos asociados a esta noticia: