Oficina CEER
 13-06-2008
Simpósio Ciência & Arte

No âmbito do Projecto Sentidos da Ciência, a Escola de Ciências da Universidade do Minho vai realizar nos dias 14 e 15 de Junho o Simpósio "Ciência e Arte" no Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa, em Braga.

Este Simpósio constitui a última actividade do Projecto SENTIDOS DA CIÊNCIA e visa dar a conhecer ao grande público, através de biólogos, químicos, matemáticos, físicos e geólogos, o fascinante papel da Ciência na Arte como expressão de cultura.

Fazendo alusão às ligações e implicações da Biologia, da Física, da Química, da Matemática e da Geologia nas várias dimensões da vida quotidiana, com especial enfoque na expressão cultural e artística, este encontro traz a palco sessões interdisciplinares em que a ciência e a arte se tocam intimamente. Temas como o rock, a pintura e o tempo geológico serão objecto de reflexão de investigadores e cientistas, Num ambiente informal e que convida à participação.

Destaque para a sessão de gastronomia molecular, da responsabilidade da especialista Paulina Mata. Modalidade cada vez mais em voga entre os chefs mais conceituados do mundo, a gastronomia molecular dá o mote ao jantar confeccionado pelo Cooking Lab, num exercício em que o saber científico e a culinária se combinam para confeccionar pratos criativos, de sabores e texturas apurados e, sobretudo, de qualidade comprovada. A encerrar o encontro, um espectáculo performativo da Companhia RE.AL, liderado por João Fiadeiro, um dos maiores vultos de dança contemporânea.

Para o segundo dia está previsto um passeio histórico-turístico pela cidade de Braga, orientado por Eduardo Pires de Oliveira, investigador, historiador e escritor com mais de 140 livros publicados sobre o património de Braga e do Minho. Ao longo do percurso, o historiador dará a conhecer a obra de André Soares, um dos maoiores arquitectos do rococó português.

O evento, da responsabilidade da Escola de Ciências da Universidade do Minho, encerra o ciclo de actividades do Projecto ‘Sentidos da Ciência’, em execução desde 2007 e com projecção a nível nacional, e cujo objectivo é desmistificar a Ciência, tornando-a acessível, perceptível e interessante ao público.