Ofcina CEER
 01-07-2009
Universidade do Minho abre vagas para cursos alta direcção em Administração Pública

Sendo um requisito do exercício de funções de direcção superior e intermédia o aproveitamento em cursos específicos para alta direcção em Administração Pública, e tendo a Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho sido uma das poucas instituições acreditadas por Despacho Conjunto dos Ministérios das Finanças, Administração Pública, e da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior para a sua realização, decorre até 10 de Julho a 2ª fase de candidaturas para o Curso de Alta Direcção para a Administração Pública(CADAP) e para o Programa de Formação em Gestão Pública (FORGEP).

O CADAP pretende proporcionar o desenvolvimento de conhecimentos e competências adequados ao exercício de funções dirigentes na Administração Pública, nomeadamente uma formação altamente qualificada nos aspectos cultural, científico, técnico e profissional, que assenta numa cultura de administração pública profissional e tecnologicamente avançada por forma a favorecer a qualidade dos serviços públicos prestados aos utentes.

Podem candidatar-se ao Curso os titulares de cargos de direcção superior e intermédia e trabalhadores licenciados da Administração Pública, os últimos desde que em regime de tempo inteiro e possuidores de, pelo menos, quatro anos de experiência em funções públicas para cujo exercício seja exigível a licenciatura.

Em qualquer procedimento concursal a que se submetam, os candidatos que tenham frequentado com aproveitamento o CADAP são valorizados como possuidores de um nível de formação superior aos dos candidatos que o não tenham feito.

O sistema de avaliação consiste numa avaliação disciplinar e interdisciplinar das matérias leccionadas em cada trimestre, sendo atribuída a cada aluno uma classificação de zero a vinte valores. A classificação de cada trimestre é obtida através da média simples ou ponderada das classificações de cada disciplina. A classificação final do curso é obtida pela média das classificações dos três trimestres.

O FORGEP pretende desenvolver competências técnicas e transversais dos titulares de cargos de direcção intermédia tendo em vista a melhoria do perfil, experiência e conhecimento profissionais, potenciadora de uma liderança forte e mobilizadora, em sintonia com as exigências de uma moderna gestão pública

Podem candidatar-se ao curso titulares de cargos de direcção intermédia da Administração Pública Central.

O sistema de avaliação consiste na realização de um exame escrito e de um trabalho individual ou de grupo. O teste escrito tem um peso não inferior a 50% da classificação final, tendo lugar no final do curso e versando todas as unidades curriculares. Cada trabalho deverá ter cerca de 30 páginas e ser apresentado oralmente durante cerca de vinte minutos. A classificação obtida no curso será um número inteiro na escala de zero a vinte valores.

O início dos cursos está previsto para Setembro do corrente ano, sendo a duração do CADAP de 430 horas e do FORGEP de 150 horas. O numerus clausus dos cursos é de máximo 40 e mínimo 20 alunos.