Oficina CEER
 30-11-2009
Projecto da Universidade do Minho vence Prémio Nacional Start 2009

O projecto iSurgical 3D, originado na Universidade do Minho, venceu recentemente o Prémio de Empreendedorismo Start 2009 com a criação de próteses cirúrgicas para corrigir anomalias congénitas caracterizadas por uma depressão do esterno e costelas na frente do tórax (pectus excavatum).

Esta é a terceira vez consecutiva que ideias de negócio originadas na Universidade do Minho são galardoadas com o Prémio de Empreendedorismo Start: a Stemmatters foi a premiada em 2007, tendo a WeAdapt sido a vencedora da edição de 2008.

A tecnologia vencedora criada pela iSurgical 3D consiste em fazer próteses cirúrgicas para correcção do pectus excavatum (anomalia congénita caracterizada por uma depressão do esterno e costelas na frente do tórax). A inovação destas novas próteses modeladas permitirá encurtar o tempo de internamento e o tempo da intervenção cirúrgica, para além de reduzir o custo da cirurgia de correcção: actualmente, a cirurgia possui um custo de 5000 euros, passando a um total de 1850 euros.

Esta tecnologia tinha sido já galardoada em Março deste ano com o 1.º prémio do SpinUM - Concurso de Ideias de Negócio (promovido pela TecMinho e Spinpark), o que lhe permitiu a entrada directa no grupo de semi-finalistas do Prémio Start.

A iSurgical 3D é constituída por uma equipa multidisciplinar da Universidade do Minho, sendo João Vilaça, António Marques Pinho, Jorge Correia Pinto e Jaime Fonseca os promotores deste projecto da UM. O prémio atribuído de 50 mil euros será incorporado no capital social da nova empresa, recebendo, ainda, formação executiva na faculdade de economia da Universidade Nova de Lisboa, software da OutSystems e prémios em publicidade do Jornal Público.

mais informações: http://www.tecminho.uminho.pt