Oficina CEER
 05-04-2011
"NOBEL DA ARQUITECTURA" PARA SOUTO DE MOURA

Eduardo Souto de Moura, um dos baluartes da "Escola do Porto" e professor da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (FAUP), foi recentemente anunciado como vencedor do Prémio Pritzker de Arquitectura 2011, o mais importante galardão do mundo naquela área. No ano do Centenário, a U.Porto torna-se assim a única instituição de ensino superior no mundo a ter nos seus quadros de antigos estudantes e professores dois galardoados com o "Nobel da Arquitectura", depois de Álvaro Siza Vieira ter conquistado o Pritzker em 1992.

Souto de Moura é considerado, a par de Siza Vieira, um dos nomes mais representativos da corrente de arquitectura contemporânea que acabou por ficar conhecida como "Escola do Porto", devido à forte influência nela exercida por professores e estudantes da antiga Escola de Belas Artes do Porto, antecessora das actuais faculdades de Belas Artes e Arquitectura da Universidade do Porto.

Recebendo a influência de professores como Fernando Távora, Arménio Losa, Viana de Lima e até mesmo de Siza Vieira - com quem trabalhou durante 5 anos antes de fundar o seu próprio gabinete -, Eduardo Souto de Moura acabaria por se tornar um dos principais expoentes da "Escola do Porto", como fica atestado com a atribuição do Pritzker 2011.

Em comunicado, o presidente do júri caracteriza a obra de Souto de Moura como "um corpo de trabalho que é do nosso tempo, mas que também transporta ecos das tradições arquitecturais. (...) Os seus edifícios apresentam uma capacidade única de conciliar características opostas, como o poder e a modéstia, a coragem e a subtileza", lê-se num documento que sublinha o facto de esta ser a segunda vez na história do Prémio que um Português é distinguido, numa alusão à vitória de Álvaro Siza.

Natural do Porto (25 de Julho de 1952), Eduardo Souto de Moura diplomou-se em Arquitectura pela ESBAP em 1980. Ao longo de mais de 30 anos de carreira, assinou projectos como os do mercado municipal de Braga (1980-84), a ponte Dell Accademia, em Veneza, Itália (1985), o Centro Português de Fotografia - Edifício da Cadeia da Relação do Porto (1997-2001), a Casa do Cinema Manoel de Oliveira (1998-2003), parte da rede de metro do Porto (1997) ou o Estádio Municipal de Braga (2000-2003). Paralelamente, desenvolve uma vasta actividade académica em Portugal e no estrangeiro, destacando-se como Professor Catedrático Convidado da FAUP.

Instituído em 1979, e atribuído anualmente pela Hyatt Foundation, o `Pritzker Architecture Prize` - no valor de 100 mil euros - distingue um arquitecto vivo, cujo trabalho constitua uma contribuição significativa para a humanidade e ambiente construído. Nomes maiores da história da arquitectura, como Norman Foster, Rem Koolhaas e Frank Gehry, foram alguns dos vencedores das anteriores edições.

Fonte: http://noticias.up.pt