Oficina CEER
 26-11-2012
DOCENTE DA UTAD PREMIADO EM INGLATERRA

​Um estudo sobre melhoramento de solos, da autoria de Nuno Cristelo, docente e investigador do Departamento de Engenharias da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) acaba de ser distinguido pela Institution of Civil Engineers, em Londres, com o Prémio “Bill Curtin Medal”.

Este estudo, intitulado “Deep Soft Soil Improvement by Alkaline Activation”, teve como principal objetivo avaliar o potencial de utilização de cinzas volantes, ativadas com soda cáustica, no melhoramento de solos moles em profundidade. O cimento é desde há décadas o ligante preferencial utilizado em solos problemáticos, contudo, a questão ambiental associada à sua produção é cada vez mais premente, pelo que a sua substituição por materiais com menores custos ambientais tem vindo a constituir um alvo cada vez maior para a comunidade científica.

A utilização de cinzas permite ainda mitigar os impactos ambientais associados à queima de combustíveis fósseis, neste caso o carvão, através da criação de um destino alternativo à simples deposição em aterro. Foi inicialmente desenvolvida uma análise laboratorial, ao longo de um período de 24 meses, que incluiu uma extensa bateria de ensaios para estudo do desenvolvimento da resistência e deformação das misturas solo-cinzas. As combinações mais eficazes obtidas em laboratório foram escolhidas para aplicação no terreno, tendo para o efeito sido utilizada a técnica de jet grouting.

A principal conclusão deste estudo centra-se no real potencial das cinzas volantes ativadas para utilização no melhoramento de solos, em substituição de ligantes ambientalmente menos viáveis, e com um comportamento mecânico igualmente eficiente. Os trabalhos descritos foram desenvolvidos, em parceria, pela UTAD, pela Universidade de Newcastle (UK), e pela empresa MOTA-Engil.

Fonte: utad.pt